quarta-feira, 6 de junho de 2012

*vinte e nove*

A partir de hoje, tens a idade que eu tinha quando te conheci. É só nesta altura, uma vez por ano, que me apercebo ser eu a mais crescida. Aquela que, seguramente, já comia côdeas de pão, neste dia em que nasceste, há vinte e nove anos atrás.
És, sem sombra de dúvida, a pessoa mais presente na minha vida. Aquela pessoa que me conhece tanto a esboçar o mais tímido dos sorrisos, como a rir à gargalhada e que me incentiva com o olhar, quando desperta em mim o meu lado palhacita. Que me percebe triste ou tão completamente desfeita, quando assim me sinto, mesmo tentando escondê-lo. És a pessoa que melhor conhece e entende cada uma das minhas reacções, os meus gestos ou a ausência deles. Os meus silêncios, os meus gritos, a minha sede de questionar tudo e mais alguma coisa e as minhas longas dissertações sobre a vida. Já te habituaste a reagir da melhor maneira para me acalmar, para desfazer as minhas dúvidas, para pôr fim às minhas discussões, vazias de qualquer tipo de prepotência ou maldade. Tu sabes bem disso. Sabes porque me conheces, sabes porque gostas de mim.




Não o tenho dito, aliás, pensando melhor, talvez nunca to tenha dito. Eu que falo pelos cotovelos quando sinto que o silêncio se pode tornar perigoso e disserto acaloradamente seja qual for o tema. Eu que tenho resposta para tudo e não suporto o brilho encoberto, embaciado pela dúvida. Nunca o disse, é verdade, mas és a pessoa que, hoje, mais importa na minha vida. A pessoa mais optimista, bem disposta e de bem com a vida que conheço. A pessoa mais certa do que quer e segura do que sente. A pessoa com o sorriso mais rasgado do universo inteiro. A pessoa que eu gosto porque se sente feliz com o pouco que, por vezes, lhe consigo dar e que não me cobra mais do que isso.

Obrigada por seres tu e por me teres escolhido. Obrigada e muitos parabéns.

6 comentários:

  1. Não sei quem é, mas parabéns :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Vic. O aniversariante agradece, de certeza :)

      Eliminar
  2. 29 é uma bela idade! parabéns ao senhor (e à senhora, claro).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o "à senhora" era para mim, lamento desiludi-lo, mas já vem um pouco atrasado. Fiz anos há 5 mesitos atrás :p

      Eliminar
  3. era, e era também parabéns por teres alguém assim, e já agora, parabéns cinco mesitos atrasados :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo bem explicadinho faz mais sentido, sim. Sendo assim, fico-te duplamente agradecida ;)

      Eliminar