segunda-feira, 21 de maio de 2018

Prece presa prosa

Rogo às trevas que me deixem encostar à
berma do fogo que de ti se evola, porque,
tocar-te, seria - ultrajosamente - pedir demais.

4 comentários:

  1. Vê lá não te queimes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não existe o mais ínfimo risco de tal acontecer.

      Eliminar
  2. Filha!!! Tomaste os comprimidos? Tu estás possuída rapariga. Tens um alien dentro de ti que te faz escrever coisas esquisitas e palavras que até parecem estrangeiras de tão caras... tens que ir ao exorcista...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou alérgica. Parece-me que andas a ver séries e/ou filmes de terror a mais. Está a fazer-te mal. Acho. Pelo menos não me podes acusar de analfabeta ou iletrada. E não vale a pena vires para aqui dizer que é compreensível. Que, por falta de características físicas que me valessem, tive de me agarrar as psicológicas/intelectuais. É que acabo de o dizer. Poupei-te um comentário. Sou um anjo.




      Ah, e vai chamar filha a outra. Agradecida.

      Eliminar