quinta-feira, 26 de novembro de 2015

E ainda há pessoínhas que reviram os olhos - tipo a miúda possuída do Exorcista - e se abespinham todas - tipo os defensores marados dos caracóis* - #2



porque tenho o topete vergonhoso de comparar a Bolachita a um cachorrito.

Por favor, não me gozem. Que quem tem de aturar os seus ataques vândalos (ainda) sou eu.




* eu sei que essa conversa dos caracóis já está mais do que ultrapassada. já ninguém quer saber dos bichinhos, e eu admirada. mas fica bem manter o mesmo título, dá estatuto ao casebre. tipo blogue sério com rubricas coerentes e tal e coiso.
Podem substituir os caracóis por Jorge Jesus e os respectivos defensores pelos Benfiquistas. Ai também já não é de actualidade? Olhem que é, olhem que é. Basta estarem atentos aos resultados. O que não é de todo o meu caso.

10 comentários:

  1. Realmente, páh!
    Essas intratáveis criaturas medonhas são do piorio...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E só não chega lá quem não tem de lidar com elas.

      ;p

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Raio do iPad que me troca as palavras todas!!!! Um ratito!!! :P

      Eliminar
    2. Eheheh! Isso das novas tecnologias embrutece uma pessoa. :p
      Um ratito esfomeado. Confirmo. :)

      Eliminar
  3. Aiiii jazus. Tu esconde-me bem o livro. Olha a minha vida.
    Já não bastou roer e lamber uma certa tampa. Mete-lhe trela pah. No pátio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas qual livro, é alucinadinho histérico? Tu não te cures, não. É caso para dizer: olha a tua vida.
      Aqui está a falar do seu gato, certo? Ei. Não te estiques. Só eu é que posso brincar, comparando a menina-dos-meus-olhos a um cachorrinho. SÓ EU. Ouviu bem?

      Eliminar