terça-feira, 14 de agosto de 2018

Acrostiqueno


mal fecho os olhos, apareces tu, para me subverter
vamos presos, um no outro, sem sequer nos tocarmos
dizes-me - num sussurro - que assim será, enquanto o quisermos
todos os tempos, de todos os mundos, poucos serão para o meu querer.

terça-feira, 10 de julho de 2018