segunda-feira, 2 de março de 2015

Ei! Eu também posso, okey?


Li ISTO e não resisti.
É que não dá para resistir mesmo.
Bitchface? É claro que também posso.





Até porque, caso ainda não tenham reparado, esbanjamento de estilo* é aqui com a Mam'Zelle.

Ah pois!





* pronto. 'tá certo. admito. o chapéu super hiper mega glamouroso também ajuda à festa. mas a essência, essa, é toda minha. 100% Mam'Zelle.

22 comentários:

  1. Vou ter que partilhar um link debaixo do meu post, tenho permissão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens pois. Nem precisas pedir. :)

      (eu linkei-te sem permissão. espero que não me leves a mal.. sou assim mesmo, às vezes, um tico destravada... :p)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. É pá. Assim também não dá, Maria Francisca.
      Quer-se dizer... uma pessoa já se sente ‘superior a todos os terráqueos’ (credits: Mexicola Girl) só por respirar (sim, ainda estou na personagem, aguenta). Se, ainda por cima, é bajulada a torto e a direito, não cabe em si de tanta satisfação pessoal. E depois quem é que entra nos modelitos da moda e se pavoneia por este Portugal fora, se não cabo em mim? Quem?! Diz-me.
      ;D

      Eliminar
  3. É muita categoria para uma pessoa só;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, Til. É que nem mais. Tem dias em que chego a ter inveja de mim mesma.Vê lá tu bem... ;D

      Eliminar
  4. Não gosto e nem acho correto responder aos comentários no blog alheio, mas como o comentário foi feito numa página pouco visível, hoje vou quebrar a regra, pelo que peço desde já desculpas.

    É verdade, já fechei uma catrefada de blogs. Nem isso é novidade para as pessoas que me conhecem, algumas desde o meu segundo blog, aí por volta de 2007/2008.
    Porque fecho ou abro blogs? Não é, com certeza, por estar insatisfeito com a malta que me seguia. Muito menos com fé de que um novo blog me traga malta diferente, pois se fosse isso, não me dava sequer ao trabalho de procurar as mesmas pessoas. Algumas, como disse, que me acompanham desde 2007/2008. É certo que sempre vão aparecendo pessoas novas e algumas das mais antigas, vão desistindo. E como eu não tenho vocação para carro-vassoura, quem desiste fica mesmo pelo caminho, muito antes de decidir mudar de blog.
    Mas esta não é a pior das teorias que já ouvi acerca das minhas mudanças de blog. Já tive conhecimento de algumas bem escabrosas, fundamentadas em boatos e insinuações maldosas, de gente que nem sabe de que lado tem a cara e o cu. Por isso deixei de dar importância a gente que apenas cresce por fora.
    Se existe insatisfação que me leve a fechar um blog, é a insatisfação comigo próprio, ou com o blog.
    Outro motivo que me tem feito mudar de blog (e que me levou a mudar, recentemente, o endereço deste blog e o nome do blogger (eu), é o facto de haver cá em casa quem se entretenha, há quase dez anos, a descobrir quantos blogs eu abro de novo. E como eu acho que entre essa atitude e o espreitar por cima do ombro enquanto escrevemos, venha o diabo e escolha, logo que tenho indícios de ter sido descoberto, apago o blog e abro outro.
    O problema é que o facto de eu manter as pessoas do blog que apago, me denuncia e, passado algum tempo, sou descoberto. Mesmo em miúdo nunca fui muito bom no jogo das escondidas. Se calhar porque nunca precisei de me esconder. A minha vida aqui na blogosfera (ou blogomundo), só não é um livro aberto, como a minha vida real, porque um dia escancarei demasiado as portas e ainda hoje há quem se aproveite dos dados pessoais que então descurei, para tentar enxovalhar o meu nome e a minha imagem. Tirando isso, não tenho mesmo nada a esconder.
    Tenho os impostos e a segurança social em dia. Ahahahahah
    Pronto, depois deste esclarecimento, se achares despropositado (eu acho lol), podes apagar o comentário, que eu não levo a mal. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não gosto (isso do ser ou não ‘correcto’ já vai do entendimento de cada um), mas, neste caso específico, agradeço-te por quebrares as (tuas) regras. Estás totalmente desculpado.

      Entendo a tua explicação. Concordo mais com uma parte (essa de quereres escrever à vontade, sem que as pessoas que te são mais próximas tenham conhecimento dessa tua escrita) do que com a outra. Não acredito (mas isso sou eu, atenção) que, por mudar de blogue e de nome, uma pessoa passe a sentir-se melhor com ela mesma (enquanto blogger) e goste mais do novo blogue. Pelo menos na maneira que eu tenho de ver um blogue (que não seja fonte de rendimento. Neste caso, a coisa muda um tico de figura). A pessoa real continua a ser a mesma e, se escreve com verdade, continuará a ter o mesmo tipo de escrita, apesar de ter mudado de endereço e identidade blogosférica.
      Isso de teres os impostos e a segurança social em dia é meio caminho andado para uma vida descansada. Pelo menos isso. :p
      Não vou apagar, não senhor. Coisas despropositadas, de vez em quando, também sabem bem. ;)

      (teres malta que de segue desde 2007 é um feito, riddle, parabéns por isso.)

      Eliminar
  5. Maijómenos...estilo não te falta...verdade!...mas para cara de cabra...ainda tens muito caminho pela frente. Já eu tem dias que nem posso olhar para o espelho que me assusto comigo:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ´maijómenos’, Suricate… ‘maijómenos’?
      A menina está a provocar-me descaradamente, certo?! Uma pessoa esforça-se e é renegada?
      Então aquela cara da quarta foto não é o puro do desprezo? E então as outras? Nada?
      Ora veja lá:
      As primeiras, de introspecção regenerativa, são do tipo como-é-que-eu-sou-tão-boa(zona)-?.
      E as outras duas, de choque aflitivo, são do género como-é-que-o-resto-do-mundo-consegue-viver-na-sua-vil-insignificância-?

      Bolas, agora fiquei com uma vontade incontrolável de ver a tua bitchface. ;)

      Eliminar
  6. OMG... nem sonham com que se meteram... ahahhahahahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ei! Também não abuses, Lírio! Ainda me afugentas a malta toda, pá!
      Pxiuuuuu! ;p

      Eliminar
  7. Bitchface? Were?

    És uma fofa pá!!! :D :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Right here!

      Tu não me provoques S.o.l. Tu não me provoques. Estou a avisar… :p

      Eliminar
    2. Eu não! Nem me atreveria a tal coisa!

      Eliminar
  8. Tens uma tatuagem com um "B" de Bolachita *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep! (estava a ver que ninguém reparava :))
      Feita à pressa, com a mão esquerda. Mas tentei dar o meu melhor. Tento sempre. ;)

      Eliminar
  9. As fotos estão mto bonitas, mas acho que não têm nada de bitchface, sory...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorry nada. Todas as opiniões são bem-vindas. Se não acha, faz muito bem em dizê-lo. :)

      Eliminar
  10. Pensei que o B fosse de bitch, apesar de achar que não o és...de todo. (abençoado dia)
    Ficas muito linda nesse estilo parisiense anos 50. Todo o glamour. (já mencionei o dia? abenço-á-duuuuuuuu)
    :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se te fosses lixar? hein? tu e este abençoado dia, juntinhos?
      Era um belo favor que me fazias.

      Ainda essa língua? Fosca-se.

      Eliminar