domingo, 16 de setembro de 2012

Pedir desculpa? Então e o problema estava onde? No casaco ou na calça?


Sou contra o novo acordo ortográfico. Por isso mesmo, continuo a escrever à antiga, como já devem ter percebido. Mas, mesmo não concordando, conheço as principais regras do dito acordo (ou, pelos menos, julgava eu).
Ontem, estava a ver televisão, quando passa o seguinte aviso em rodapé:
 
 
 
 
Será que foi aprovado outro acordo ortográfico, diferente daquele que eu ainda não sigo, e fui a única a não dar por nada? Ou a RTP1 já foi privatizada, pertence agora a um qualquer magnata brasileiro e ninguém me avisou?
 

19 comentários:

  1. Por essas e por outras, enquanto o meu corrector ortográfico e o meu cérebro não se adaptarem, continuo a escrever à antiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E fazes tu muito bem, Joana, que eu também faço o mesmo :)

      Eliminar
  2. por causa do facto/fato? por acaso não sei se o 'c' sai nessa palavra, até porque acho sempre que isto do novo acordo é à vontade do freguês, mas sei, por exemplo, que na palavra tecto essa mesma letra vai à vida. o meu problema é que depois leio sempre têto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que giro, conseguiste chegar à palavra em questão, pedro b... ;p
      Olha, mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. Na palavra "tecto", nunca se leu o "c". Agora, na palavra "facto", que eu saiba, o "c" sempre se leu. Agora, no Brasil, escrevem "fato" porque, os brasileiros dizem, de facto, "fato". Para o nosso "fato" (casaco e calça), eles dizem "terno".
      Bem, enquanto leres "têto" e não passares para o feminino, não está tudo perdido... ;)

      Eliminar
    2. Ahahahahah! Reformulo: para teu bem, pedro b, deixa o novo acordo para lá, sim...?

      Eliminar
  3. Por acaso não está errado. A palavra "facto" pode-se escrever das duas formas dependendo da forma como a pronuncias. Há muitas pessoas que dizem [fato] e não [facto]. É complicado... e às vezes (muitas vezes) tenho dúvidas. :|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério, Christelle? Há portugueses, que vivem em Portugal e que dizem "fato", quando não estão a falar de roupa? Não sabia. Para mim, era um erro. Sendo assim... já não digo nada :)

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. A Christelle tem razão, Mam. De qualquer fora, também não estou de acordo com o acordo.

    (se estiveres atenta, os rodapés da televisão estão cheios de erros, e daqueles de palmatória, como o á em vez do há)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente, nunca ouvi ninguém dizer "fato" para "um facto" (a não ser os brasileiros, lá está), mas pronto. Acredito em vocês ;)

      (ui! eu sei, eu sei, É o pão nosso de cada dia...)

      Eliminar
  6. A outra dizia "cantarei até que a voz me doa" e eu digo "não aderirei até que o corrector ortográfico m´obrigue".
    É que me faz impressão não saber se o cágado foi à praia ou se o cagado é que lá foi!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah! Estou contigo, Sexinho! ;D
      A mim, também me faz impressão... e muita!

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Deixa? Se eu quiser, ouviu? Também me vão obrigar a falar à brasileira, queres ver...?
      Nunca irei deixar de dizer "facto", isso é um facto!!! Por isso também irei continuar a escrever com um "c" e ai de quem disser que está mal... que eu vou-me a ele! :p

      Eliminar
  8. também vi esse rodapé, porque estava precisamente à espera do TOP CHEF :DD
    polémicas à parte, se as televisões, os jornais, as revistas adotaram o acordo deveriam ter estudado bem a lição, para não aparecerem erros destes
    até porque, mesmo que haja pessoas em Portugal que digam "fato" e não "facto" são uma minoria

    xo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gosto de ver. Aliás, tudo o que mete comida, cozinhar, em geral, interessa-me ;)
      Concordo plenamente contigo!

      Bem-vinda MJ!

      xo

      Eliminar
  9. Cá para mim foi um brasileiro que escreveu isso, só pode! Isso ou a pessoa em causa é burra, mas como eu não gosto de insultar as pessoas... :D

    Eu sempre pronunciei faCto, logo o "c" fica e ponto final. Aliás, se leres a legislação referente ao novo acordo diz lá que o que se pronuncia fica :)

    Beijo ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... sempre aquela questão de se pronunciar ou não se pronunciar... Este novo acordo ainda vai dar barraca! Escreve (sem novo acordo ortográfico, please...) o que eu te digo!! ;D

      (cá para mim, não era brasileiro não... e mais não digo que também só insulto em última instancia...)

      Beijo!

      Eliminar