segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Este até diz uma piada no início...



Lembram-se disto, daquilo e daqueloutro?

Pois que, em França, a loucura das música de cantores de língua portuguesa (essencialmente brasileiros, vá) continua a aumentar em força, comme des petits pains, como se diria por lá. Agora é o Alex Ferrari com o seu Bara Bara Bere Bere. Também repete várias vezes, ao longo da música, o seu nome, como o fazia o Gusttavo. A novidade, com este, é que tem sentido de humor apurado. O senhor diz, no início da musiqueta: "Essta é à letra más difíciu do mundo, hein. Assim, ó..." e começa o seu Bara Bara Bere Bere. Muito bom, mesmo. Já temos um cómico. Qual será a habilidade do próximo? Estou mortinha por saber, a sério...

Nem era para colocar aqui o vídeo. Mas, como reparei que a malta até gostou quando coloquei o do Gusttavo, também vou pôr o do Alex, pois então.


Enjoy!


8 comentários:

  1. Gosto muito de França, mas isto não abona muito a favor do gosto musical ds franceses, eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo, Vic. Como já disse em vários posts, fiquei pasma a assistir a este fenómeno de fraco bom gosto...
      Repito: o mundo está perdido. Mesmo! ;D

      Eliminar
  2. Credo!
    ...confesso que só consegui ver uns 30 segundos!
    Tu volta para o musicól do Les Petits Mouchoirs para esquecer isto!
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah! Ficaste com medo, foi, sónia? ;D

      Olha, já vi o filme! Por acaso, não teve nada a ver com o que eu imaginava. Mas gostei muito :)

      Eliminar
  3. Grande parte da qualidade musical da actualidade vai ao encontro das mentalidades humanas intoxicadas, portanto: co-incineração precisa-se!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lá, estás a ser demasiado Dark, hoje, ó ND :p

      Eliminar
  4. Diz que é electronejo musical records; não será engano? Não deveria ser ELECTRONOJO?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahah! Não tinha reparado nesse pormenor. Mas tens toda a razão. Foi uma gralha, com certeza ;)

      Eliminar