quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Deveria ter vergonha, eu sei disso.

Mas é mais forte do que eu. Gosto desta música. Gosto muito mesmo. Sempre que a ouço, uma força vinda de não sei onde faz com que comece logo a abanar o corpito e esboce um sorriso enquanto a cantarolo. Tem um poder qualquer sobre mim. Engraçado, é uma música que já saiu há bastante tempo e, mesmo assim, o tal efeito ainda não passou. Não sei explicar.
 
 


 
 
Agora podem gozar com a minha cara à vontade. Eu bem mereço.


nota: o vídeo até que está catita, não? (a parte da destruição da cidade, entenda-se)

12 comentários:

  1. não devias nada ter vergonha! aproveita os guilty pleasures, que sabem tão bem :p

    ResponderEliminar
  2. Partilho o sentimento. (tenho-a no ipod e sem ideias de a tirar)

    ResponderEliminar
  3. o meu é a do farel w. e robin thike/thiq/taique/tico & teco sei lá o nome do hombre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É Thicke, Urso. E, se não me engano, o outro é Pharrell... ;)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Mas que pertinente novidade se deu ao trabalho de me vir aqui dar... Agradecida senhor/a anónimo/a.

      Eliminar