segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Verdade existencial #5






Gosto muito de pouca gente. Gosto pouco de muita gente. Não gosto nada daquela que sobra. Não amo ninguém.

42 comentários:

  1. Há muito mais gente que não conheces. Haja esperança.

    ResponderEliminar
  2. Podes vir a gostar muito ou pouco ou até a amar pessoas que ainda não conheces :)

    ResponderEliminar
  3. Isso é porque abusas dos doces. Depois não te sobra disponibilidade emocional para as pessoas. Fica tudo no bolo de chocolate :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah!

      É pá, eu sou demasiado transparente por aqui. Assim não dá... ;)

      Eliminar
  4. Eu amo pouca gente, gosto de alguma e ou outros, os outros são-me indiferentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acredito? Não há ninguém de quem não gostes, Mariposa Colorida?! Mas que existência pouco empolgante deve ser essa tua... ;p

      Eliminar
  5. Nossa, que inspirada que a menina está hoje!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, não estava inspirada por aí além. Daí sito... ;)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Espera lá... agora, assim de repente, fiquei na dúvida...

      Será que o meu caríssimo pedro b sabe alguma coisa que nem eu saiba? ;p

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Sozinha, talvez (ainda que tenha as minhas dúvidas). Mas nunca só... ;)

      Eliminar
  8. olha, podia ter sido eu a escrever isso!!
    :)

    ResponderEliminar
  9. Duvido que não ames ninguém, ou não amas a tua família? O resto parece-me estar dentro dos parâmetros da normalidade de uma pessoa sensata.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Wendy, não amo a minha família. Sei que, hoje em dia, se ama tudo e todos. Questão de vocabulário e de escolha do mesmo. Para mim é diferente "amar" e "gostar", ou "gostar muito". Não misturo os conceitos.

      Eliminar
    2. bastava ver a alexadra lencastre aí num programa à uns meses e amava toda a gente...

      de acordo zelle

      Eliminar
    3. "de acordo"... isso quer dizer o quê, Urso? Concordas comigo? Obaaaaaaa!

      Eliminar
    4. Como diria o seu jorge é isso aí...

      Eliminar
    5. oooohhhhhh... e eu gosto tanto do seu jorge e do seu "é isso aí"... Bela música!
      ;)

      Eliminar
    6. Querem ver que também tens bom gosto e eu ainda não tinha dado por nada... ;p

      Eliminar
  10. Ai c´a nervos!
    Eu escrevi aqui ontem!
    Onde foi parar o meu comentário?
    Eu repito!

    Não és a única a não amar ninguém; não há é muita gente com coragem para o dizer; o que se há por aí mais é gente que diz que ama, sem amar, porque quer que lho digam de volta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahah!
      Definitivamente, és muito pior do que eu, Sexinho...
      Vai espreitar os comentários do post anterior, sua distraída-mor... ;D

      Eliminar
  11. Não, não... Pelo menos tens de amar a ti própria! E isso já vale por muita coisa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pá... nem a mim própria, Aidan... Ora bolas...

      (mas gosto muito de mim, sim. Sem dúvida ;) )

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Ainda estou a pensar no teu caso... depois do que disseste do meu cão, não sei não... ;p

      Eliminar
    2. Mas eu não insultei o teu cão. Os Ornitorrincos são animais muito especiais ;)

      Eliminar